quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

No carnaval


terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

" Peca-se muito no carnaval?"

Um carnaval maravilhoso e com paz  para todos!
YL




quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Tu presencia



Pulando corda em beira de abismos, dançando no barulho da chuva, sorrindo com os passarinhos, muitas vezes tola, outras, tão afiada e esperta. Meus bolsos cheios de aprendizados, de esperanças e músicas. Minhas contas passam do vermelho quando sangro por dentro, ou se o amor me toma de arranque, e com leveza me engole. Nado até a superfície, desenho um sol, a flor nasce novamente, poderei me cortar sim, sarar sim, algumas possibilidades, mas com sonho e algumas frases leves nos olhos “tengo que de su voz, tu presencia, y hermoso espumoso” ser feliz é fechar os olhos sorrindo e voar juntos .YL


sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Amor


quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Fiz esta canção


Música  para esperar a sexta ... ; ) 
YL

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Tá bom pra você?

O Brasil explodindo em violência. O estúpido grita “Viva a Copa 2014!”, os políticos cada vez mais bizarros e sorridentes, nas redes sociais todo mundo é  lindo, super amigos e a filosofia chora. 
Há felicidade?. E no site os destaques : “A cantora Sandy enjoando com a gravidez” e “Neymar acaba o namoro com Bruna”. 
E aí, quem me diz qual é a seta? YL




terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Dica para os bons e raros

A vida vem me ensinando mais ou menos assim: Os invejosos sorriem com você e mastigam entre os dentes sua felicidade, tentam. Calma. Apenas aquiete-se, silencie. No mais , não posso contar, afinal a inveja sabe ler. YL


"..Pensou que eu ando só? Atente ao tempo!...
...Eu ando de cara para o vento na chuva, e quero me molhar.
O terço de Fátima e o cordão de Gandhi, cruzam o meu peito.
Sou como a haste fina, que qualquer brisa verga, nenhuma espada corta".(Paulo Cesar Pinheiro)



segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

domingo, 9 de fevereiro de 2014

Como dois animais


"Foi mistério e segredo e muito mais , foi divino brinquedo e muito mais..." Alceu Valença

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Sem razões

Foto: Yasmine Lemos
Quando meu filho nasceu não pensava mais em mim.
Era ele, somente ele, ali: pequeno, indefeso, éramos indefesos, nós dois e não percebia. Depois fui ficando forte, sensação de poder simplesmente por ser mãe e estar conseguindo criá-lo.
Aprendi a teclar em pé, com um só dedo, segurando ele nos braços. Mas nunca gostei de levantar a bandeira das “mulheres poderosas” pelo contrário, sempre quis ser companheira, embora minha natureza seja livre e inquieta, talvez uma falsa fragilidade sem más intenções, machismo enraizado, porque muitas vezes você dá chance a outra pessoa de sentir-se útil e necessário.
Há uma agonia em provar que as mulheres precisam ter em mãos a razão como suporte, acho que por isso tem muita mulher chata, é verdade, mentira uma pinóia! .

Gosto dessa troca de carências que produzem amor, como aprendi com meu filho. Agora prefiro calma e o silêncio, deixar as razões para os dias nublados. E hoje o dia amanheceu ensolarado, céu azul, e  na pauta muita coisa boa para viver e sentir. YL

"É belo vês o amor sem anestesia
Dói de bom, arde de doce
Queima, acalma
Mata, cria
Chega tem vez que a pessoa que enamora
Se pega e chora do que ontem mesmo ria
Chega tem hora que ri de dentro pra fora
Não fica nem vai embora
É o estado de poesia" (Chico Cesar)




quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Composição



Vamos nos revirar. Pensamentos e desejos. Minha perna em sua boca, seu beijo na minha nuca, sua poesia torta sorrindo nas minhas costas. Vamos sintonizar os corpos na pequena imensidão. Aumente o volume da melodia e começaremos nossa canção. YL


"...É só o amor que move". (Alexandre Nero)

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Excesso



Se nos conhecermos bem nos afastamos aos poucos, defeitos todos possuem, falar de amor e beleza é mais fácil, só querer ouvir e sentir as euforias brandas. Então esquece a lama que pisa, se não gosta do que escrevo , compõe sua própria alegria, mesmo que seja mentirosa. Sei viver entre o sim e o não, aliás, tudo em excesso me repele. Tudo.  YL

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Quem me leva os meus fantasmas?

"E alguém me gritava
Com voz de profeta
Que o caminho se faz
Entre o alvo e a seta..." 
(Pedro Abrunhosa)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...