sábado, 14 de setembro de 2013

Mar

Degustar como peixe
Sem morder a isca
Sem morrer... Agonia boa
E aqui 

Reviro-me em ondas
Castelos sobreviverão
Amor... Somos vivos,
Imagino, estou em sonho.

Mesmo assim sou grão.
Areia pequena
Descamo, descasco
Reviro-me, nua e crua

Sal e sol
Solta, misturada
E mais uma onda
Acordo.

Azul...
No meu sonho
Sal nas mãos
Água limpa e realizada...

YL



7 comentários:


  1. Olá querida,

    Ouvindo esta bela música, leio seus versos.
    Agora vou dormir e sonhar com o mar, o sol, as ondas, o amor e acordar realizada-rs.

    Belo final de semana.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  2. Poesia maravilhosa! O mar inspira a sonhos!! Adoooooooooorovo mar, sabes! beijos, lindo domingo ! chica

    ResponderExcluir
  3. O mar deve encantar e inspirar a fazer poesia porque está muito próximo do verbo amar, duas coisas que me fazem vivas. Lindo poema, e adorei o novo banner. Um abraço!

    ResponderExcluir
  4. Olá, querida Yasmine
    Lindo post e me senti como ondas revoltas na adolescência, o mesmo na juventude mas me tornei ondas amenas e suaves (quase marolas) com o passar do tempo... Bonito demais o que li (e ouvi) aqui!!!
    Bjm de paz e bem

    ResponderExcluir
  5. E diante da imensidão deste mar a inevitável sensação de pequenez e nos movimentos das aguas que vem lavar os pés e deixa um frescor no rosto,nasce uma sensação gostosa de interação com este grande mar,assim como belamente se entregou à esta bela poesia.
    Uma semana linda Yasmine com todas as magias e alegrias.
    Carinhoso abraço amiga.
    Beijo de paz e luz.

    ResponderExcluir
  6. Que lindo Yasmine!
    Leve texto, leve poesia! Quase lúdico!

    Parabens minha amiga!

    ResponderExcluir
  7. Seu blog continua um encanto!
    Tudo lindo... Já sigo! 
    Se puder dá uma passadinha no meu e segue também se gostar.

    Beijos 
    Ani
    HTTP://cristalssp.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Amor e Paz

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...