sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

E continuo



E continuo do jeito que o sonho não me alcance,quero ele sempre a me buscar, sendo sempre uma caça dos  sustos, dos medos,dos beijos, dos abraços não dados e também os de fato, pois sempre  deixarão o gosto da realização momentânea, depois novamente o desejo de invasão em mundos não meus, mas que construo dentro de mim.

E assim continuo convivendo com a malvadeza da saudade, na paz do peito de quem ama meu sorriso,e grande será meu delírio,e sendo delírio posso ser o que quiser: a mulher que não tem chão ,pisa na terra e isso me basta. Minto: não me basta o chão. Quero a flor, o perfume, o fruto.

Quero a promiscuidade como anarquia limpa, entre um olhar sincero e um tremor nas mãos que dizem que tudo é vivo ao meu redor, quero essa balbúrdia indecente de gritar em silêncio e  o coração acelerar e segurar o corpo de tanta felicidade.

Quero cultivar meu amor , amigos e canções. Quero brindar a lua, simplesmente e não esquecer de rezar pelos meus amigos e inimigos porque quiseram ser (ocultos e revelados) E continuo assim desse jeito , não machucando a terra, nem o coração de ninguém ,e vou driblando os espinhos sem eles não choraria para lavar a alma .

Mas um ano chegando e meu desejo é desejar tudo repetindo alegria, paz ,carinho,raiva porque sou uma pessoa que também sente  as injustiças invisíveis que fazem minha alma de alvo,mas eu vou embora caminhando.
Que meus amigos sejam o que são , por favor com os mesmos defeitos,nada perfeitinho demais porque não combina com a vida,não combina comigo. Amo e só sei viver assim, numa desordem apaixonante. YL

Direitos autorais reservados
lei 9.610 de 19/02/1998


A música (Apaixonado) quem toca é a Orquestra Imperial na voz  de Wilson das Neves,linda letra e melodia, quem tiver um tempinho escute que vale a pena mesmo .





quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

EM CENA




E no final rasgaria todas as verdades e mentiras ao vento, no abismo jogaria as faltas, as esperas e os nãos. O vestido das juras desmacharia e faria um novo poema, rendas e suas presas alinhavadas. Amor maior, canção ,corpo e chão , sempre serão. Acreditaria mais nos meus sentidos. Libertaria meu corpo, ele não sabe ficar, ele não sabe ser de um só lugar. Misancene em ato final, um banho frio depois do sonho e voltaria a dormir, de novo em cena real. 


"...quem tem seu amor , tem um rei , tem um bem..." (C.Brown)







Aos amigos um Feliz Natal ! Paz ,amor e saúde. Agradeço imensamente o carinho durante o ano inteiro, presente melhor não existe .  beijos YL


O último dia


E o que vc faria? 


O último dia : Paulinho Moska

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

É amor demais!


segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Artigo


Control “ser”; control “ver”

Leonardo Sodré
Jornalista e escritor
    Blog aqui

Pródiga em receber lançamentos de livros quase que diariamente, Natal vem sendo contemplada com obras excelentes de autores locais. Algumas memorialistas, que resgatam em vários aspectos fatos vividos, muitos desconhecidos de leitores curiosos, quem nem, ou, biografias de figuras ilustres, algumas conhecidas e outras, nem tanto, e muitos livros de poemas. Muitos! Como tem poeta em cada esquina desta quase metrópole!

Entrementes, também recebe obras que também têm seu valor pelo trabalho de pesquisa, mas que são meros e exaustivos atos de copiar e colar da Internet, nos computadores pessoais. As conhecidas dedadas no “Ctrl V” e “Ctrl C”, depois impostas nas laudas do “Word”, e que aqui apelidei no título do “ser”, o colante, e o “ver”, do ansioso leitor, que depois de tantos goles do proverbial uísque do lançamento da obra não correrá o risco de esquecer-se de decodificá-la e até decorar algumas passagens, para, no momento social oportuno, mostrar todo o seu conhecimento da imperdível leitura. Que seja.

Até aí, tudo bem, considerando o trabalho de prospecção do intelectual, mesmo com a falta da criatividade e da originalidade. O que não está bem nesse tipo de livro é a falta da citação da fonte e a assinatura da obra apenas como “autor”, quando na verdade deveria ser de “organizador” como faz bem a ética literária de todo livro que não lhe pertence verdadeiramente – cito como exemplo, a antologia -, citando, incólume, as fontes do exaustivo e operativo “copiar” e “colar”.

“Autores” que primam por essa prática e alguns nem fazem uma revisão cuidadosa dos textos, poderiam passar para a História de Natal como pesquisadores ou, até mesmo, memorialistas se citassem suas fontes. Mas, enquanto a vaidade se sobrepõe a humildade – como arde a fogueira das vaidades! – passam ao largo de sorrisos críticos. Sorrisos de leitores que teimam em não vê-los em suas próprias “obras”, e julgam que elas estão teimando em inclinar-se mais para o “ver” de aparecer socialmente do que para o “ser” verdadeiro de quem quer contribuir com a cultura da terra de Poti.


Observação da blogueira : Para quem foi ou é vítima de plágio ou já teve experiências com pessoas deste tipo,pra mim é uma lavada na alma ,um texto verdadeiro do jornalista Leonardo Sodré,aqui em Natal infelizmente existe milhares assim, milhares. YL




sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

POR FAVOR




Nada adianta
ESCREVER
O amor quer mais
Bem mais
VIVER
Certeza de lugar
Posição
SENTIR
Em sonho poder
EXISTIR

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

SAUDADE


Letra : Arnaldo , Marisa Monte e Carlinhos Brown / Voz : Carlinhos Brown




Há moradas na casa do Pai do céu ,tão bom que pudesse mandar e-mail .YL





“Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito”. Evangelho de João. 
Cap 14 : 2


quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

....


Aos Teus Olhos : Carlinhos Brown

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

PARTE CHATA




Época natalina. Qualquer assunto referente será redundante. Vou ser chata e vou falar na parte chata dessa época .Com as esmurradas da vida somos modificados na lâmina fria da realidade e os olhos são nossos parceiros em descobrir detalhes. Hora de comprar os presentes, sejam eles os obrigatórios ou os naturais, o que são escolhidos com a leveza no peito.
Conheço perfis de todo jeito, aqueles que ganham os mimos e gostam de verdade, tem também os que gostam apenas de serem lembrados e aqueles que menos me atraem: passamos o ano inteiro sem nenhum contato, nem um telefonema, não há empatia alguma e lá vai ter que escolher porque faz parte do social.
Essas pessoas tem uma característica básica: só gostam de grifes. Só usam acessórios caros, embora muitas vezes não realcem nada no corpo. E a pior parte: olham o pacote com as sobrancelhas pra cima e um olhar de preocupação e curiosidade antipáticos, buscando entre os dedos nervosos a marca, a etiqueta do produto.
Como queria ser criança nessas horas e poder dizer o que sinto, usar um palavrão mesmo, daqueles bem grandes. Tem pessoas que temos o prazer em presentear outras mereciam um saco de etiquetas, usadas. Quem nunca ouviu esta frase: - “Não precisava não ter este trabalho...” ao mesmo tempo em que amassa com as mãos todo o pacote com o rosto amarelado. Depois vai correndo na loja saber o preço e trocar a mercadoria. Já estou bem ressabiada , mas tendo que ter jogo de cintura de quem dança bambolê . 

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

SEGUNDA ÔWWW

Odeio segunda, não tem jeito rss .YL




sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

VIVE

Um fim de semana de paz , de amor . YL


Vive: letra Djavan. Voz : Maria Bethania



quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

CORRENTES AMOROSAS




Edneide estava acorrentada, não dormia direito, comia muito e com seus 80 quilos, o vestido justo das noitadas “... cada dia mais curto...” (usando descaradamente a frase da canção de Chico (minha história). Edneide é trabalhadora doméstica. Mulata genuína, nasceu no Morro da Mangueira no Rio de Janeiro veio para o nordeste morar na casa dos padrinhos no interior de Pernambuco, estava dando trabalho demais aos pais. Com seu sotaque dengoso e seu rebolado fez logo amizade e conseguiu emprego em Recife numa casa de família tradicional. Acorrentada, este é o assunto. Apaixonou-se por um homem casado, caso cheio de atropelos. 

Ela já estava esgotada, a velha história, não dava pra disputar com a madame, ele era um cara rico, bem sucedido , vida feita, sociedade ,preconceito, era só sexo. Ela era bem “conhecida” da sua rapaziada, mulher experiente, “negôna” que sabia jogar em todos os sentidos, mas agora estava perdida, desaprendeu tudo, nem parecia aquela que no carnaval misturava samba com frevo em pulos extraordinários, aquela que mentia para os ficantes e no veraneio fazia sucesso nas rodas de samba dos nativos.
Não sabia o que fazer, a patroa reclamava do excesso de sal na comida, dos soluços na hora de qualquer música no rádio. Edneide resolveu pedir ajuda a um religioso. Andando no comércio pegou um panfleto : “ Igreja Mundial da Paz do Corações Sofridos para Cristo e para os Homens” Ed viu ali sua salvação.

Já no meio do palco, a igreja lotada, ela de joelhos, e um homem com um livro imenso na mão gritava: “- Você está acorrentada minha irmã!” E aos berros sacudia a cabeça de Ed pra frente e pra trás e sua calcinha fio dental já incomodando sua minissaia subindo, e os fiéis da ala masculina gritando: “Ô glória”! É o paraíso!”. Fim do descarrego. Ela foi aplaudida como uma popstar que chega na cidade maravilhosa , material girl.

Estava salva daquele sentimento, acreditou. Lembrou os conselhos do líder espiritual: “- ouça hinos, cante altos os louvores, não esqueça” e também que havia esquecido   de pedir a Deus um iphone 5, de repente pagaria em 300x no carnê.
Dobrando a esquina, na feira, um vendedor ambulante vendia o mais novo CD da dupla Bruno e Marrone , com antigos e novos sucessos. Edneide não contou conversa, comprou.

O descarrego valeu para a igreja, ela havia deixado metade do seu 13 º na sacolinha, a família já não aguentava mais ouvir: “acorrentado em você” no som da Ed, agora “A Possuída”.

Yasmine Lemos
Direitos autorais reservados
lei 9.610 de 19/02/1998


Da blogueira: eu sou fã da dupla, ouço muito suas músicas. A música me serviu apenas de inspiração, a música é universal,  amor é campo democrático e livre,não fazendo divisão de classe, o amor é igualitário, jovem ,ridículo ,fraco e forte,brega e lindo,chique e cafona,rico e pobre,todos sofrem da mesma forma . YL

Bruno e Marrone :Acorrentado em você

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

CURA










Minha língua se corta , não escreve a dor, minha boca fechada mastiga espinhos, meu coração então explode em sentimentos , escreve o amor , minha cura.

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

FILME

Sou suspeita , nordestina e fã do pai e do filho . Assistam o filme , emocionante do começo ao fim .
Fica a dica .Uma ótima semana aos meus amigos .YL



quarta-feira, 14 de novembro de 2012

RITMADO



Tum,bum  
coração bate,
bum,tum.
E o que é a vida sem amor ,
dançar  pra se doer,
tropeçar e girar .
Depois voltar a dançar, 
 rit
   (amado) .

Direitos autorais reservados
lei 9.610 de 19/02/1998




Amantes Cinzas: Carlinhos Brown

terça-feira, 13 de novembro de 2012

VÁ VIVER E APRENDER !


Bem pessoal hora de esclarecer alguns fatos. Escrever é um dom, ponto. Diploma é uma consequência de raros e poucos que o fazem por talento nato, ponto. Dentro das redações em que trabalhei, sempre havia a figura lépida e astuta no mau sentido. Jornalistas. Jornalistas? Alguns que “chupam” (termo usado no jornalismo) as ideias dos outros silenciosamente, que tomam a criatividade sem nenhum escrúpulo, ora, o mundo é dos espertos sim? NÃO! Comigo não violão. 
Venho sendo vítima de plágio dos meus textos, poemas, idéias e muitas coisas que posto aqui para serem usados em crônicas , textos etc. De onde? Boa pergunta. De alguém bem esperto , mas nem tanto,pois sei quando faz. Nossos escritos são como filhos, é faro, é incrível como podemos chegar e sentir o roubo.
Este post é pra você "colega" que não tem criatividade, nem ideia suficiente ,  senta e numa mesa não faz nada e ainda ganha um salário com o dinheiro público. Não sou nada de mais, sou aqui uma pessoa que joga na tela e escreve com o coração, não preciso provar nada, nem quero, nunca quis. Reconhecimento eu sinto falta quando os que me amam e eu amo não chegam ou somem, pois sabem me criticar na hora certa de uma maneira sábia. Você "pessoa" sabe que tenho amigos aqui em Natal maravilhosos e leitores também entre eles jornalistas como você , massss dos bons , professores desse mundo escorregadio da imprensa,então “pessoa” crie , leia, sinta e pense! .
Bom aos amigos queridos e que são de fato, de longe e de perto, que aprendi a gostar ,nos comunicaremos e poderão entrar no blog.
p.s: Desculpem o desabafo .
Beijo com muito carinho pra vocês.


Essa música do maravilhoso Gonzaguinha diz muito pra mim.






Recado
Gonzaguinha

Se me der um beijo eu gosto
Se me der um tapa eu brigo
Se me der um grito não calo
Se mandar calar mais eu falo
Mas se me der a mão
Claro, aperto
Se for franco
Direto e aberto
Tô contigo amigo e não abro
Vamos ver o diabo de perto
Mas preste bem atenção, seu moço
Não engulo a fruta e o caroço
Minha vida é tutano é osso
Liberdade virou prisão
Se é amor deu e recebeu
Se é suor só o meu e o teu
Verbo eu pra mim já morreu
Quem mandava em mim nem nasceu
É viver e aprender
Vá viver e entender, malandro
Vai compreender
Vá tratar de viver
E se tentar me tolher é igual
Ao fulano de tal que taí

Se é pra ir vamos juntos




domingo, 4 de novembro de 2012

Adoro...


Domingo pra sorrir rs..YL

sábado, 27 de outubro de 2012

O cara


Sábado de sol quente, céu lindo em Natal. Centro da cidade alta, comércio de camelôs com toda sua força com a nova música de Roberto Carlos feita especialmente para a novela Salve Jorge, príncipe no cavalo branco, mocinha sofredora e um fundo musical de estraçalhar qualquer coração sonhador ou o mais desligado. Sem dúvida já virou a música chiclete  das festas de final de ano. Não deixando meu lado romântico  de lado, não serei imparcial em descrever o que acho das letras de Roberto. Incríveis na simplicidade, na mesmice, falar de amor é tão simples que ele não ousa a palavra estratégica nem muito menos conceitos extremos e super fascinantes. Roberto dá uma lição nos homens e mulheres ,quem tem e não sabe e aquele cara que nem sabe ser. "Esse cara sou eu”, ele repete inúmeras vezes com uma propriedade convincente , rei é rei . A melodia sem tons altos entra fundo nas cabeças , mesmo sem a nossa permissão , estupidez entrar em guerra contra carrinhos com som nas alturas , gritos dos vendedores :  “- olha o disco da novela aê!” No meu trajeto entre várias ruas pude ouvir o tempo inteiro o cara dizendo como se faz uma mulher feliz. Não estou assistindo a novela, a música me bastou, do drama, o óbvio, muito sofrimento, mas para todo coração abatido tem um salvador, como esse cara.


quarta-feira, 24 de outubro de 2012

PENSAMENTOS DE PITÔCO


Acordar no meio da madrugada é chato como sala de espera, aliás, esperar é um verbo irritante até na conjugação. Minha tia-mãe me ensinou a rezar nessas horas para não trazer maus pensamentos e do receio de pensar coisas ruins veio o hábito de pensar muito e acabei misturando tudo, não costumo rezar, converso com Deus, Jesus, Nossa Senhora, São Miguel Arcanjo, Santa Rita de Cássia, tem mais, é uma lista enorme, e a minha cantilena só os santos suportam.
Na madrugada acordei sem sono e tive saudade de mim, de uma época de colégio de freira em que estudava e passei por tantos momentos de altos e baixos.
Sentir saudade da gente mesmo é buscar o impossível e ter certeza que a fotografia do tempo não tem retoques. Consegui no pensamento que a insônia impõe me encontrar na capelinha do colégio. Meu uniforme tinha uma textura áspera de tantas lavagens, mas eu me sentia bem com ele. O lugar era aconchegante, simples, gostava de ficar quieta ouvindo o silêncio e sentindo o cheiro de flores do altar, acreditava que entrando numa igreja nossos pecados imediatamente eram revelados e depois perdoados. E ali sentada eu esperava a sirene do intervalo tocar para voltar pra sala depois que gastava  água benta sem necessidade, mania, não sei.
O padre era uma figura engraçada, falava rápido e andava mais rápido ainda e quando escutava nossas confissões de pré-adolescente durante a quaresma, me perdoava com uma rapidez de um papa- léguas, ficava meio chateada: “- Dez ave-marias Yasmine, dez!” Eu contava nos dedos, abria a boca em vários bocejos e me sentia quase flutuando como os anjos do altar. E na madrugada eu tive saudades desse lugar, saudade de mim, do padre, do cheiro da capela, daquele silêncio inquisidor que ao mesmo tempo me abraçava. Voltar no tempo só em pensamento, hoje minha cabeça tão mudada não confessa mais a nenhum padre, não diria uma libertação,mas um esclarecimento de dogmas, não tenho mais tempo de ficar apenas lá ,parada,olhando um altar.Tenho hoje que esperar os mandamentos da vida e do tempo, e vez por outra perturbar os santos, sem confissões , o que é melhor, só conversas na madrugada.

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

PEGAR




Querer é fascinante, agoniante, embriagador. Alcançar e tatear é viver . YL



sábado, 20 de outubro de 2012

Oi

Oi turma, estou com pouco tempo para o blog e fazer minhas visitas , mas próxima semana volto normalmente . Deixo aqui meu carinho e essa música que faz parte da minha trilha sonora... rs nossa senhora linda demais!.Um ótimo fim de semana.


segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Pensamento

" Dar conselhos traz sempre um grande alívio porque nos desobriga de os seguir." 

(Mário Quintana)

domingo, 14 de outubro de 2012

ELE QUER:

Domingo quer  música linda , sol , cerveja , churrasco , sorriso , amor . Vou tentar fazer todas as vontades dele.Oba!!!

"....E você como está?..."

sábado, 13 de outubro de 2012

REVELAÇÃO


sexta-feira, 12 de outubro de 2012

MINHA INFÂNCIA





Na minha infância: boneca Susy,bicicleta sem freio, cheiro de vovó Maria, sentir o beijo do meu pai na minha nuca, caderno com rabiscos, cortar meu cabelo escondido e ficar horrível, morar fora da minha cidade, Didi Mocó Sonrisépio Colesterol Nolválgino Mufumbo, amigos descalços, casa dos primos, picolé derretendo entre os dedos, ter medo, chorar, sorrir, me maquiar como adulta (toda borrada), chupar manga no jardim e puxar os fiapos nos dentes, quebrar um dente, ralar os joelhos, fugir da escola, ficar de castigo, gritos da minha mãe pela rua me procurando, esperar meu pai chegar de uma viagem, beijar meu pai, (cheiro de cigarro com perfume), pintar as unhas na hora da missa, praia, biquini desbotado, pomada hipoglós, cabelo arrepiado, neutrox, papa quente de vovó, perfume de tia Marilda, filme dos trapalhões, cantar alto em inglês todo errado, dançar em frente ao espelho, esperar  a noite de natal e muito mais. Ter que crescer. Agora só saudade .

FELIZ DIA DAS CRIANÇAS !!!
Hoje, Dia das Crianças esta postagem faz parte de uma idéia criativa da blogueira carioca 
Beth do blog  Suprema Mãe Gaia .Passe lá e confira muitas blogueiras quando criança .Bjs YL







quinta-feira, 11 de outubro de 2012

INFÂNCIA 2


"Tem que ser selado, registrado, carimbado

Avaliado, rotulado se quiser voar!
Se quiser voar....
Pra Lua: a taxa é alta,
Pro Sol: identidade
Mas já pro seu foguete viajar pelo universo
É preciso meu carimbo dando o sim,
Sim, sim, sim".(O Carimbador Maluco :Raul Seixas)

Musical infantil Pluct,plact,zum de 1983 na Rede Globo

Em tempo: E a vida não é assim? Só na infância vivida como tem que ser , como toda criança merece se permite sonhar completamente, SEM CARIMBOS . bj YL
Aumenta o volume !





terça-feira, 9 de outubro de 2012

INFÂNCIA


" Ah, aquela confiança que tem uma criança rezando...Inocente confiança. Alegria. Quem é de nós que reza com alegria? Parece que só existe mesmo o Deus das crianças...Deus é impróprio para adultos". 

(Mário Quintana)

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Aos que passam e olham...



E as pessoas olham o poema com espanto, paixão ou indiferença.Dos  males o menor, estavam pensando algo ,eles passam mas a palavra fica. YL


quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Roseirinha


Foto: Yasmine

A roseirinha do meu jardim está linda e colorida. Olhar sua beleza é como receber um presente  divino. Deus bem no meu jardim?! Natureza pura e eu me sentindo privilegiada, 
quase santa. Nesse momento percebo: Aí está alguns dos meus pecados!



O Verbo Flor : MPB 4

terça-feira, 2 de outubro de 2012

AMOR






Viver e morrer por você .
Filhote meu,
mãe leoa
 sou eu.

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

COMUNICAÇÃO

"Não me ajeito com os padres, os críticos e os canudinhos de refresco: não há nada que substitua o sabor da comunicação direta".

(Mario Quintana)

Quintana , meu preferido.Uma ótima semana para todos!

domingo, 30 de setembro de 2012

Só love...

Porque hoje é domingo e a vida continua...Sol lindo por aqui !


sábado, 29 de setembro de 2012

VOCÊ NÃO SABE

Música linda e que não precisa de linhas , nem escritas. 

Hebe Camargo : 08/03/1929 - 29/09/2012

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

PARTILHA




A parte que me cabe é ser feliz. Todos os dias costurar as pontas e fazer desenhos na minha mente, retalhos em sonhos. No corpo o óbvio: andar, falar, sorrir em movimentos. A parte que tenho não se identifica é música nascente e eterna. Sentimentos exagerados (tímidos até), o meu quinhão (herança da alma) neste mundo sou eu mesma, e se não me entrego (fazer a partilha desprendida) por completo, por amor, não sou.




quinta-feira, 27 de setembro de 2012

OBSERVAÇÃO DE QUINTA

E por falar em campanha política , Natal está batendo recorde em mostrar uma imprensa no mínimo aloprada , mas dizem que é assim ,tem que ser assim e ponto.Quando uma empresa jornalística toma partido de um candidato , lógico com seus interesses  (ninguém é menino) é determinar que o eleitor e leitor são burros.  O que causa pelo menos em mim, um abuso daquele que está sendo protegido . Olha onde o jornalismo foi parar...Coisas de quinta .
Ouvir música é melhor. O malandro de Chico é melhor , bem melhor .




terça-feira, 25 de setembro de 2012

CARTA ABERTA




Se ao menos pudesse escrever uma longa carta. Não adiantaria, o destinatário é meu próprio peito.  A escassez das letras é espírito silencioso e inquieto. Seria redundante ler o que já 
sinto: vontade de ficar e voar, chegar, voltar e repetir.




segunda-feira, 24 de setembro de 2012

segundinha

Segundinha  na área.... depois passo por aqui .


domingo, 23 de setembro de 2012

NÃO TENTE




Não tente matar a saudade. Faça da ausência , vazio pertubador ,uma companheira inocente, a convicção em exterminá-la  só a torna inesquecível. (Como cheiro de criança) .


sábado, 22 de setembro de 2012

"UMA CASINHA INOCENTE..."

Música linda , que adoro , escuto sempre , porque fala na simplicidade da vida, onde a felicidade não tem preço,  só beleza . 
Um sábado de vida boa .YL


quinta-feira, 20 de setembro de 2012

SEM




Ao lado .
mudo
amado.

Fique

sem  juras
enfim
concretizado.



quarta-feira, 19 de setembro de 2012

INQUILINO


segunda-feira, 17 de setembro de 2012

MINHAS



Vento me leva , parada, estagnada, todo mundo me olha, mas eu já não estou . Rodopiando entre sonhos , eu me molho na chuva que nem caiu, o sol até queima , mas só quando deixo. Corto meu rosto nas folhas secas que também voam , existem as flores e construo arranjos, sou dama , noiva , florista. Vejo paisagens, e formo cenários que ninguém conheceu... Sem nenhuma bagagem , passaporte invisível, essas são as minhas viagens . 


domingo, 16 de setembro de 2012

PRESENTES DE BIA

Ganhei o sorteio do blog  REVOLTA E ROMANCE de Bia Hain . Ontem recebi pelo correio meus presentes lindos: uma camiseta personalizada super bacana, um livro lindo do meu preferido Mário Quintana , uma nécessaire fofa e uma carta que faz a gente saber o poder do mundo virtual quando voltado para o bem. Bia , obrigada é emocionante receber carinho de quem a gente nem abraçou ,nem tocou mas pelas letras nos juntamos.Recomendo o blog a todos , ela tem o dom da escrita e bem escrita. Um domingo lindo .Bj YL 


sexta-feira, 14 de setembro de 2012

MAIS UMA



A dica para o fim de semana e para quem curte , é o mais novo CD do MPB 4 "CONTIGO APRENDI" ainda com o saudoso Magro que faleceu este ano, com boleros clássicos e versões de Caetano Veloso,Chico Buarque, Hermínio Bello de Carvalho , Vitor Ramil e Fernando Brant . O CD emociona do começo ao fim , no vídeo uma das músicas que mais me emocionam, La Barca e que ficou linda na voz deles e com a nova versão.Um ótimo final de 
semana .Bj YL


quarta-feira, 12 de setembro de 2012

PENSAMENTOS DE PITÔCO



Em conversa de adultos, rodas de farras, reuniões familiares, notava que havia de vez em quando algo estranho no ar, olhares parados olhando para uma só pessoa do grupo, nem piscavam, atentos e depois o cochicho básico, risadas ou algum espanto carregado de falso moralismo. E nessa hora eu movida pela curiosidade que qualquer criança normal tem, aparecia no ambiente querendo saber o que havia de tão importante e grave. E lá vinha a frase de alguém do grupo como se fosse um comandante do bope mandando que todos fechassem as bocas: “- Psiu! Meu Dedo chegou!”.
Demorei a entender que “meu dedo” era eu, que o silêncio era para que eu não soubesse do segredo, da fofoca, do assunto, embora colasse frases na minha cabeça, quase todas, e no fundo eu gostava da tensão que causava com meus cincos ou seis anos entre adultos ditos calejados pela vida e cheios de conceitos. E quantas vezes eu fingia não ouvir, nem perceber um indicador qualquer por cima da minha cabeça e a frase no ar: “- Deixe Meu Dedo sair que (o tom de voz agora maior) depois eu conto”. Confesso que me sentia um perigo, o máximo.


Em tempo: Segredos não se dividem se vivem. São sacrilégios ou escapulários. 

sexta-feira, 7 de setembro de 2012

DICA

Novo DVD de Diogo Nogueira em Cuba. Maravilhoso vale a pena assistir .


quinta-feira, 6 de setembro de 2012

JARDINS




E eu que gostaria de distribuir jardins , ter jarrinho, água fria , vento e calor. Lembrei-me da primavera que é dona de todas as flores, então cúmplice de muitos amores e dissabores .Com uma flor trago meu mundo , embora despedace (frágeis as flores) , vou buscar outra e novamente um perfume nasce .  





terça-feira, 4 de setembro de 2012

SOL E CHUVA




E todas as vezes que chove e faz sol ao mesmo tempo, o mundo observa mais uma ansiedade tomada em goles grandes.  E quantas vezes isso, tão fácil de realizar, é um querer , desejo de acontecer.E no meio deste sonho , não há realização , uma consumação fantasiada brinca no tempo e no peito , junto, travesseiro amassado.



segunda-feira, 3 de setembro de 2012

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

QUERENDO




Sem partir
Todo dia
Desaguando
Aportando
Repetindo
Querer é assim...



terça-feira, 28 de agosto de 2012

VOZ

Ouvir Amy é maravilhoso , uma voz linda . Foi embora muito cedo .

AINDA E SEMPRE



Tem dias que o sol chega primeiro, mesmo escuro lá fora, “gente” pisando flor e coração, ainda existe e persiste muita luz aqui por dentro. 


segunda-feira, 27 de agosto de 2012

REFÉM




Hoje a palavra está crucificada, presa, agoniza sem querer ser. Como um algoz massacrando o que deseja nascer e não deixo, porque a palavra também pode condenar. Nas entrelinhas nem eu sei o que ela quer dizer, sinto que preciso dela, menos do silêncio. O silêncio não, ele escreve com formas cortantes, ele crava espinhos na alma, deforma qualquer sentido e vontade de nascer um pensamento. A palavra também é silenciosa, mas há barulho nas coisas do mundo quando ela passa a existir, dá forma aos sentimentos. Eu prendo a palavra quando quero, mas na realidade sou uma eterna refém de sua força.

Se eu puder sonhar - Elvis


Uma semana de muita paz e sonhos. YL
(O vídeo é escolha de Rubens Neto, que adora Elvis)





Se Eu Puder Sonhar

Deve haver luzes mais brilhantes em algum lugar,
Tem que haver pássaros voando mais alto no céu mais azul.
Se eu posso sonhar com uma terra melhor,
Onde todos os meus irmãos caminham de mãos dadas,
diga-me: por que meu sonho não pode se realizar.
Oh, por quê...

Deve haver paz e compreensão muito breve,
Ventos fortes que motivam a esperança
De empurrar para longe a dúvida e o medo.
Se eu posso sonhar com um sol mais brilhante
Que ilumine a esperança sobre todo o mundo,
Diga-me: acaso não é usual que o sol apareça?

Estamos perdidos numa nuvem
espessa de chuva,
Estamos presos num mundo
perturbado pela dor.
Mas enquanto um homem
tiver forças para sonhar,
Ele pode libertar sua alma e voar.

No fundo do meu coração há uma pergunta ansiosa
Mas estou certo que a resposta virá de alguma forma
Lá fora no escuro há uma vela acenando
E enquanto eu puder pensar, enquanto eu puder falar
Enquanto eu puder ficar em pé, enquanto eu pude andar,
Enquanto eu puder sonhar, por favor
Deixem meu sonho se tornar realidade
Deixem se tornar realidade agora.

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

TEM COISA...



Tem coisa que não precisa explicação. Não adianta querer saber, é só sentir, é só viver. YL

Em tempo: Tem música que chega igual grito de carteiro.
Susto, ansiedade carimbada.YL


quinta-feira, 23 de agosto de 2012

O Anjo Pornográfico



 Nelson Rodrigues e algumas frases cirúrgicas se ainda estivesse vivo, estaria completando 100 anos .


"Invejo a burrice, porque é eterna".

"Não se apresse em perdoar. A misericórdia também corrompe".

"Muitas vezes é a falta de caráter que decide uma partida. Não se faz literatura, política e futebol com bons sentimentos..."

"O pudor é a mais afrodisíaca das virtudes".

"Só o cinismo redime um casamento. É preciso muito cinismo para que um casal chegue às bodas de prata".

"A prostituta só enlouquece excepcionalmente. A mulher honesta, sim, é que, devorada pelos próprios escrúpulos, está sempre no limite, na implacável fronteira".

"A liberdade é mais importante do que o pão".

" Nome é destino".
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...