terça-feira, 7 de junho de 2011

PORQUE É PRECISO FALAR DE AMOR

A semana do Dia dos Namorados chegou, vou falar ainda mais de amor,porque o mundo precisa , porque é bom ,porque as pessoas necessitam de carinho. bjs YL



Houve a tempestade .

Em suas mãos,
O abrigo
O amigo
O amor
Cativo
Em plena liberdade.


Charles Aznavour : She

17 comentários:

  1. Falar de amor sempre faz bem.Lindo!beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. Oi Yasmine!
    Um sentimento inspirador de bons pensamentos e mensagens. Vamos vivê-lo na sua magnitude, livremente!

    Beijão e boa tarde!

    ResponderExcluir
  3. Yasmine!
    O amor é sempre maior que o nosso medo, que nossa angústia, que nossa solidão. Porque o amor salva as nossas tristezas, embora sempre nos leve à uma tolha de problemas...
    Mas, como disseste, é preciso falar de amor!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Deixa-me Falar-te de AmorNesta era em que tudo é fabricado, em que nada é natural, em que nada é puro; em que os primeiros beijos se trocam por telemóvel, se fala por sms e os ditos «encontros românticos» acontecem no cinema, entre um balde de pipocas e um copo de coca-cola, nesta era, que já não é minha, já não é tua, já nem é nossa; deixa-me falar-te de amor. Não quero falar deste «amor» novo, feito de «roda-bota-fora», que nasce podre e é vazio. Não te quero falar do amor para passar tempo, que se joga na Internet; nem daquele que se conhece num bar ou numa discoteca.

    Não: deixa-me falar-te de amor como o conheço, da mesma forma lamechas e (hoje) tão fora de moda; a mesma que te ensinaram os teus pais ou os teus avós; como era antigamente, quando passeavam junto ao rio, por vezes de mãos dadas, e coravam ainda, se encontravam alguma cara conhecida. Deixa-me falar-te do amor que me ensinaste. O amor que me ensinaste começou por um acaso, porque, por acaso, eu estava sozinha e tu também. O amor que me ensinaste não foi cozinhado nem confeccionado a propósito.

    No nosso amor, tu dás-me a mão e eu coro; convidas-me para sair e eu hesito; brincas com os meus caracóis e eu gosto; bebemos chá e ficamos ébrios; passeamos à beira-rio e pode ser que nos beijemos. No nosso amor, não somos só amantes, mas somos cúmplices. E companheiros. Olhas para mim e lês-me nas entrelinhas. Olho para ti e sei-te de cor. Sorrio e mergulhas nesse sorriso. Abraças-me e absorves-me inteira. Dizes-me «amo-te» e eu acredito.
    O amor que me ensinaste é puro, é natural, é biológico, sem corantes nem conservantes. Mas deixa-me contar-te um segredo: nesta era, que já não é minha, já não é tua, já nem é nossa; o nosso amor, ainda encanta!

    (Ana Rita da Silva Freitas Rocha)

    Beijo meu.

    ResponderExcluir
  5. Yasmine......

    "Ohh ... l'amour, l'amour l'amour doux, qui vivent sans amour"

    Dieuuuuuuuuuuuuuuuuu aide...
    Beijo
    Tatto

    ResponderExcluir
  6. Yasmine

    O Amor é...
    Pois, Yasmine, o Amor é tudo bom e em harmonia.

    SOL da Esteva
    http://acordarsonhando.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Nossa, me deu até vergonha agora, porque o teu (lindo) post é totalmente o contrário do meu de hoje! haha
    Aquela realidade a que você se referiu no texto em seu livro, faz sentido completamente no contexto do meu. É doído, mas é assim.
    Também vou inaltecer o amor, minha amiga, porque o mundo precisa!!!

    ResponderExcluir
  8. aaaah! o amor,
    sempre belo,
    em todos seus tons, seus toques suaves,
    que nos acalma a alma!!

    Beijoos

    ResponderExcluir
  9. http://pathyoliver.blogspot.com/2011/06/selinho.html

    Yasmine,
    esse é o link do selinho! :)

    Beijos querida

    ResponderExcluir
  10. Ser cativo e ser livre ao mesmo tempo, eis a fórmula do amor.
    Bjux

    ResponderExcluir
  11. Falar de amor sempre é um bálsamo para nossos corações
    Beijos na alma!

    ResponderExcluir
  12. Boa noite menina poetisa...e como e bom falar de amor, melhor ainda se estiver amando...Ah, suspiros, olhares, maça do rosto rosada por causa da timidez, primeiro beijo, toque de maos, uma desculpa para ajuda-la com algo, enfim, tudo é valido para se conquistar o amor...Palavras doces, amassos no portão, beijinho na nuca e um leve sopro no ouvido, cheiro de bala de menta, abraço envolvente, um pega aqui e ali, mao na mao...Tudo e valido quando se trata de amor...e por ai vai, nossa imaginação...Tempos bons de espera, sem rotina e sem telefone, a saudade aumentava ainda mais esse sentimento tao forte...Ah, o AMOR...Passou-se muitos anos e ainda sinto alguns desses momentos com meu amor, pena que ele envelheceu, endureceu o coração, mas as vezes, ele esquece e volta a ser o meu AMOR de ontem...Amo-o por nos dois, amo-o para sempre e quem sabe, eternamente...Acreditem, eu o amo sinceramente!
    Amor e amar, muito bom! Bjin e feliz dia dos namorados!

    ResponderExcluir
  13. Belíssimo poema! Principalmente lendo-o e vivendo-o em voz alta!
    E a Canção? - Também belíssima!

    Grande Abraço!

    ResponderExcluir
  14. Assim vc me deixa romântico!
    SNIF!

    Bju Grande "Poeta Poetinha Camarada!"

    ResponderExcluir
  15. Amor? Que bicho é esse? È de comer?...rsrsr

    Vlw!!

    Parabéns pelo o Blog.


    Delano ALexandria

    ResponderExcluir
  16. Se a tempestade passou que a bonança seja vivida em toda sua plenitude, beijo de zélia

    ResponderExcluir

Amor e Paz

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...