terça-feira, 23 de agosto de 2011

NATURALMENTE



Ondas do mar
Agridem
Instinto natural

Revolução
Pedra
Corpo
Coração

Parados nas correntezas,
Contemplam
Ironicamente
Sem revidar


Maria Bethania e Ana Carolina : Eu que não sei quase nada do mar

18 comentários:

  1. Contemplam as ondas do mar, assim como as ondas do mar nos contemplam.Belo poema.Parabéns.

    ResponderExcluir
  2. Acho tô nessa onda natural de me levar, amiga, e "naturalmente" espero que as coisas revolucionem por aqui.

    * Claro nao vou sumir!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Meu corpo e coração quando estão no mar estão naturalmente bem...Lindo! beijos,chica

    ResponderExcluir
  4. Ao mar, minhas reverências súditas. E a vocÊ, minhas desculpas. Mas saiba que tanto você quanto a Zélia são minhas muito queridas. rsrs.Beijo grande. Paz e bem.

    ResponderExcluir
  5. Oi Yasmine, tudo bem com você? senti sua falta!
    Eu amo o mar e pra mim ele é a melhor das terapias, lindas e reflexivas palavras.
    Beijos e um ótimo dia pra ti!

    ResponderExcluir
  6. OI Yasmine

    É uma beleza do mar e suas ondas é tão forte e suave ao mesmo tempo que ficamos inertes diante dela...
    Estava sumidinha, heim?
    Senti sua falta!

    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  7. Bom dia...Tô FELIZ e isso me basta hoje...voce me deixou assim, pelo seu carinho e atenção! Deus sabe o que faz, quando coloca pessoas como voce em nosso caminho...Voce é iluminada e nunca duvide disso, anjo dos cabelos dourados, te adoro! Bjin e fique com DEUS!
    Viu como as pedras se movem e lutam tambem? Pois é assim que eu me sentia, uma pedra bruta a ser lapidada e agora aos poucos, estou aprendendo e me lapidando...Linda!

    ResponderExcluir
  8. ...são as aguas de agosto .

    (nada é pra ja....haja paciencia!)rs

    adoooro tu , loiraaa.

    beijao

    ResponderExcluir
  9. Yasmine, lindo seu blog que conheci hoje e muito linda você. Parabéns.

    Bjs do novo acompanhante, ZC

    ResponderExcluir
  10. E me fixo nas entrelinhas... beijo de zélia

    ResponderExcluir
  11. Que indo esse poema!

    Obrigada pelo carinho, não tenho nem palavras para agradecer o carinho que as pessoas têm tido comigo.

    Que sua semana seja iluminada,

    beijos!

    ResponderExcluir
  12. Eu amo esta musica! AMO!

    Sabe Yasmine... Garimpeira da Beleza,
    Somo Garimperios da Beleza... e ese teu poema...
    to que nem estes a beira da correnteza... não to revidando maisnada...
    mas...
    foi por que fui levado... além da arrebentação...
    por aquela paixão danada.

    :P

    Bjus de Luz amiga!

    ResponderExcluir
  13. Agíssemos todos assim, sem revides, sem ódios, sem vingança, seria tudo tão melhor!!! Adorei os posts (que estava devendo a leitura) e o encontro de Bethania e Ana Carolina. Fã de ambas.
    Bjs, meu carinho.

    ResponderExcluir
  14. Minha doce Yasmine
    A imagem sempre deliciosamente escolhida e naturalmente nada mais prazeroso que contemplar o mar .
    Valeu demais vir te ver!
    um abraço

    ResponderExcluir
  15. O mar tem sempre muito a nos dizer e nos despertar.
    bjs

    ResponderExcluir
  16. Oi Yasmine
    "Roubei" um poeminha e levei lá pra emoldurar minhas fotos , sem tempo pra pedir permissão.
    Poetas e amigos são bons nisso nao é?
    rs
    abraços,
    passa lá depois.
    um beijinho

    ResponderExcluir
  17. É, definitivamente não sabemos nada do mar, dele só sabemos da força e que possui mistérios, talvez venha daí o não revidar. E ele corrói o passivo rochedo lentamente.

    Beijos Yasmine!

    ResponderExcluir

Amor e Paz

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...