sexta-feira, 1 de abril de 2011

PRECONCEITO É UMA ANOMALIA DO CARÁTER


Duas coisas que me fazem sentir mal físico e emocional a ponto de me deixar estagnada: injustiça e preconceito. Longe dos discursos “modelo”, meu horror ao ouvir as declarações do deputado federal Jair Bolsonaro (PP) contra a cantora Preta Gil. Nelson Rodrigues já dizia que nome é destino, e Preta carrega registrado em cartório sua história, sua cor, como tantos outros. Contra negros ou homossexuais, o deputado vem aumentado a sua falácia com uma crueldade tamanha que chega a arrepiar quem ouve.

Minha pele é branca, meu avô materno era um negro, meus avós paternos descedentes de portugueses, minha bisavó judia e assim a mistura vai longe. Sei que é fácil falar, defender, mas sei que cada um já deve ter passado por alguma situação de humilhação ou injustiça. Preconceito é uma anomalia do caráter. Não se obriga a ninguém a gostar de outro, mas o respeito ao próximo é dever para se viver numa sociedade com dignidade.

Já fui vítima do preconceito ideológico, pequena eu era a filha do comunista, do exilado, do torturado, e o tempo não me fez esquecer nenhum detalhe de cada situação, nem daqueles que me tiraram a comida da boca literalmente, nem dos olhares indiferentes.

O lamentável deputado tem que ser punido sim, democracia não pode ser confundida com falta de respeito.

Deixe quem quiser ser o que for cabelo azul, amarelo, pele clara ou vermelha, gay ou hetero, ninguém sabe o dia de amanhã, somos uma grande tribo, as linhas dos caminhos se cruzam e muitas se esbarram e sangram as nossas próprias palavras e falas impensadas.



Yasmine Lemos

01/04/2011

http://noticias.uol.com.br/politica/2011/04/01/apos-polemica-deputado-jair-bolsonaro-voltara-a-programa-para-se-explicar.jhtm

17 comentários:

  1. Bom dia, Yasmine.

    Você falou com muita propriedade. E concordo plenamente contigo, quando cita que "...não se obriga a ninguém a gostar de outro, mas o respeito ao próximo é dever para se viver numa sociedade com dignidade."

    O preconceito é um cancro, e cabe a justiça estirpar esse mal, mas, e cadê a tal justiça? Cadê as normas de conduta parlamentares? Cadê a ética e o bom senso de nossas autoridades? São eles que, antes de qualquer outro, deveriam dar o exemplo.

    Como punir alguém do povo por preconceito, racismo, homofobia ou qualquer outro crime, se um parlamentar comete tal coisa e, possivelmente, sequer será punido?

    Com o perdão da palavra, minha amiga, mas isso tudo me causa náuseas.

    Perdão, Yasmine, mas têm assuntos que não se pode comentar de outra forma.

    Abraços, minha amiga.

    Marcio

    ResponderExcluir
  2. Concordo em gênero, numero e grau, Yasmine. Liberdade de expressão não pode ser liberdade para humilhação. O cara ainda tem o desplante de dizer qe a imunidade o protege (isso não seria: A impunidade o protege?). Abraços. Paz e bem.

    PS: na adolescência tive uma namorada que se não fosse o preconceito acho que a minha história teria sido totalmente outra. A mãe dela proibiu nosso relacionamento quando soube de minhas origens. Caso queira ler depois, coloque na busca do blog FOI UM RIO QUE PASSOU EM MINHA VIDA.

    ResponderExcluir
  3. Ótimo post Yasmine... somos humanos e não há nada de mal em expormos o que nos incomoda, termos opiniões diferentes, mesmo não concordando com as posições do outro.
    Mas o preconceito devíamos "matar" do que desenvolvermos uma anomalia.

    No resto paciência, aguardar as cenas dos próximos capítulos desse entrave aí, e que nao seria nem um pouco desmerecido uma punição das boas.

    * Quanto ao feminismo no meu post, também sou contra. Aliás, sou contra tudo que usa a imposição como bandeira.

    Ótima sexta pro cê!!
    Cristina

    ResponderExcluir
  4. MARCIO,CACÁ E CRISTINA, é muito triste ainda se ouvir tantos horrores e assistir sem poder fazer nada,como disse Marcio ,e as leis?

    abraços em todos

    ResponderExcluir
  5. Oi minha linda, entendo sua indignação, pois graças á Deus, nao sou preconceituosa, e nao poderia, afinal sou professora de educação infantil e nessa faixa etaria, estão criando sua personalidade e carater,... cuido de crianças e suas diversidades...Tenho que ser um exemplo vivo a seguir e ajudar em seu desenvolvimento ate os seus 6 anos...responsabilidade ne? Amo o que faço e me sinto uma pessoa digna de educar, ensinar...To contigo minha linda,vamos botar a escrita a favor de protestos...bbjin e fique com DEUS!

    ResponderExcluir
  6. A sua indignação é a minha, sou totalmente contra a qualquer forma de preconceito. Afinal, somos todos iguais perante a lei dos homens e segundo os ensinamentos, do Senhor lá de cima. E quem somos nós brasileiros com essa mistura de raça em nosso sangue poder de viva voz afirmar que é "ariano"? Somos sim, uma mistura de índio, negro e degredado portugueses. Se Bolsonaro está incomodado com o nosso jeito de ser, que se mude e não fique sustentado com o nosso dinheirinho, sem nada contribuir para o bem estar de nosso povo e só abrindo a boca para dizer besteira. Valeu a sua indignação santa!

    ResponderExcluir
  7. Perfeito. Você escreveu exatamente o que pensa e como faz. Por isso é tão bom viver ao seu lado.

    ResponderExcluir
  8. SIMONE, vc tem uma missão árdua, mas com sua sensatez e seu dom as coisas ficam mais fáceis.beijo

    ResponderExcluir
  9. Zélia, rss sabe ,seria ótimo deportá-lo para Africa, para trabalhos volutários e deixar nossos impostos para causas nobres.grande beijo

    ResponderExcluir
  10. Maravilhoso minha flor.
    O preconceito é nojento e quem o alimenta são os pobres de espírito.
    Um lindo fds minha flor.
    Beijokas.

    ResponderExcluir
  11. Não podemos aceitar essa postura desse deputado sem caráter. Várias entidades já entraram com representações contra ele, só espero que não terminem em pizza.
    Bom findi
    Bjux

    ResponderExcluir
  12. Yasmine,

    A intolerância fomenta o preconceito e gera a violência. Talvez tenhamos que ser mais tolerantes...


    Um beijo,
    AL

    ResponderExcluir
  13. PÉROLA E WANDERLEY,não há mais lógica um comportamento deste nos nosso dias,vamos ver no que vai dá.bjs

    ResponderExcluir
  14. A.S ,não é questão de intolerância.É uma questão de direitos humanos e dignidade dentro das leis e que elas se façam ,violência neste caso é a agressão por perte do parlamentar
    abçs

    ResponderExcluir
  15. Yasmine, olá, tudo bem?
    É a primeira vez que visito seu blog e me confesso encantada! Realmente é um lugar para "sentar e ficar".

    Quanto ao post, no dia seguinte ao fato ocorrido, também coloquei em meu blog um post de repúdio a esse "cidadão" Bolsonaro.
    Eu senti muita revolta com as declarações dele!
    É incrível como ainda hoje as pessoas aceitem um comportamente como o dele, ainda mais sendo ele um "representante o povo"...

    Essas coisas de preconceito, homofobia, racismo, violências e abusos me matam!
    Também escrevi no blog um post relatando um caso real de uma menina de 14 anos que foi vítima de abuso sexual. Chorei enquanto postava.

    Parabéns pelo post! E parabéns pelo blog! Vou morar por aqui. Posso? ;-)

    Bjs minha querida e uma excelente semana! Déia

    ResponderExcluir
  16. Bem vinda Andreia, se pensa como eu,se acomode por aqui e vamos lá..beijos e obrigada pelas palavars.Quanto a nossa indignação que não fique só nas letras que se façam e cumpram se as leis.

    ResponderExcluir

Amor e Paz

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...